menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
BANDO ANUNCIADOR 2018 - A GRANDE MANIFESTAÇÃO CULTURAL FEIRENSE

Dia 08 de julho os feirenses saíram às ruas para anunciarem a festa da padroeira, Sra. Sant`Anna.

Publicado em: 12/07/2018 - 02:07:47

    Onze anos da retomada da tradição feirense que foi violentamente proibida por um clérigo preconceituoso e despreparado, e por gestores públicos que apesar de populistas nunca tiveram ligação verdadeira com a alma e a história de nosso povo!
    O Bando Anunciador teve seu início há muitos anos por manifestação espontânea de cidadãos feirense, que como conta a história (lenda ou não), boêmios e bons vivans, mas que logo foi apoiado por outras figuras também festivas por aprovarem a ideia de anunciar a festa da padroeira. Aos pouco cresceu com a participação de moradores dos bairros e periferia, que não demoram a se organizarem em pequenos bandos, para na Praça da Matriz formar o bando maior, aquele que anunciava a festa da padroeira pelas ruas da cidade.
    Era mais ou menos como a “levagem da lenha”, que mobilizava moradores de todos os bairros, periferia e zona rural para trazerem madeira a fim de montarem duas fogueiras que iluminaria os dias da Novena de San`Anna. Se o Bando já começava com uma manifestação festiva, já que os primeiros que chegavam na Praça da Matriz cantado e dançando haviam saído dos meretrícios do Beco do Mocó e da Energia, onde esperavam amanhecer para começar o furdunço, os moradores que levavam a lenha espontaneamente para montar a fogueira que iluminariam a festa não eram tão festivos no começo, mas não demorou para que alguns enfeitassem os jegues que carregavam as lenhas com papel crepom, transformando a levagem da lenha em um festa que passava a se assemelhar a “lavagem da igreja” com água de cheiro, que logo também virou um cortejo festivo. Nossas três manifestações culturais que foram debeladas por falta de identidade com a história de nossa cidade.
    Ainda trataremos aqui no Viva Feira, com suporte de mestres em história destas matérias que tanto dizem de nossa origem e identidade cultural, Fato é que como nos primórdios do Bando, atualmente um grande número de bairros, instituições e empresas formam pequenos grupos que às 07:00 h, se reúnem próximos a praça da Matriz para formar o GRANDE BANDO ANUNCIADOR, que tivemos o privilégio de acompanhar, e vimos se estender desde a concentração na Praça Padre Ovídio, seguindo pela Rua Conselheiro Franco, Praça Dr. Remédios (Igreja dos Remédios), Beco do França, Av. Senhor dos Passos, Praça João Pedreira, Rua Marechal Deodoro, Beco da Energia e do Mocó e finalmente voltando a Rua Conselheiro Franco e Praça da Matriz onde acontece a dispersão. Foi um mar de gente, alegre, festiva, divertida e curtindo as mais variadas indumentárias com os mais diversos temas.
    Sem dúvida foi o maior número de participantes. Não temos uma contagem oficial, mas com certeza, superou em muito vinte mil (20.000) participantes. Impressionante em determinados momentos não conseguíamos atravessar a rua de um lado para o outro devido à massa de foliões que se aglomeravam em algumas partes do Bando,
    Tranquilo, pacífico, com demonstrações de uma educação pouco comum em eventos como este, transbordando alegria e animação como só testemunhamos igual nos Bandos dos anos anteriores. As fantasias inspiradas em personagens da TV, de filmes, das revistas em quadrinhos, além de anjos, demônios, monstros de toda espécie e planetas coloriam, alegravam e divertiam a avenida transbordando o bom humor feirense, que muitos não sabem, sequer, que existe. A criatividade e a improvisação não têm limites e tem muita graça, realmente!
    Ao CUCA/UEFS teremos essa eterna dívida de gratidão por nos devolver, com sua iniciativa corajosa em 2007, nosso Bando, nossa festa, que emanou originariamente do povo feirense, e que estamos vendo repetir nesta retomada na esperança que dure para sempre.
    De todo modo, temos que agradecer a competente equipe do CUCA, que nos proporciona, todos os anos, a possibilidade de realizar este evento, razão pela qual citamos a pessoa de sua Diretora Rosa Eugenia Vilas Boas, e aos dirigentes da UEFS que apoiam integralmente o trabalho do CUCA, pelo que citamos seu Reitor, Evandro do Nascimento, presente a todos os eventos culturais promovidos pela Instituição. É bom sempre abrir um parêntese para mencionar o ex-Reitor da UEFS, Professor José Carlos e a ex-Diretora do CUCA, Selma Oliveira, que deram o pontapé inicial nesta retomada de identidade cultural de um povo!
    O Viva Feira como sempre compareceu ao Bando, e ainda contou com o valioso apoio do mais importante retratista destas plagas, nosso amigo Beto Souza, e filmamos e fotografamos o evento, de modo a oferecer uma pequena amostra daquela festa maravilhosa. Os vídeos estão em fase de edição e serão postados o mais breve possível,  e os álbuns de fotos com aproximadamente setecentos (700) registros podem ser vistos ao final desta matéria. As pessoas fotografadas podem baixar ou copiar as fotos, mas em caso de publicação, onde quer que seja, solicitamos a citação da fonte (vivafeira.com.br).
    Enquanto aguardam os vídeos curtam as fotos postadas abaixo nos seis álbuns que conseguimos elaborar.

AUTORIA: Viva Feira

Bando Anunciador 2018 - Olhar De Beto Souza - Álbum1
Bando Anunciador 2018 - Olhar De Beto Souza - Álbum2
Bando Anunciador 2018 - Olhar De Beto Souza - Álbum3
Bando Anunciador 2018 - Álbum1
Bando Anunciador 2018 - Álbum2
Bando Anunciador 2018 - Álbum3


A RAINHA DO BANDO ANUNCIADOR 2018

A preparação do Bando Anunciador é precedida pela eleição de sua Rainha que já funciona como esquenta do evento.

Publicado em: 12/07/2018 - 19:07:19

    A eleição da Rainha do Bando nunca privilegiou a beleza ou qualquer destes valoras comuns aos certames convencionais, mas a animação, a alegria, o envolvimento com o evento de modo que é comum que venham a serem eleitas senhoras de avançada idade, mas que demonstram a animação e o envolvimento com a tradição que já conta com onze anos após sua retomada por iniciativa da UEFS/CUCA.
    Este ano o certame para eleição da Rainha do Bando Anunciador contou com 11 concorrentes, e destas, cinco foram escolhidas para compor a linha de frente do cortejo da festa: Tatiana Cardoso (rainha), Islane de Jesus (princesa), Sdinelza Gonçalves (princesa), Joselita Leite (miss terceira idade) e Marta Sueli (miss simpatia).
    A Rainha eleita, Tatiana Cardoso, declarou ao representante da Ascom/Uefs: “Estou muito orgulhosa por representar a minha comunidade numa festa tão linda como o Bando Anunciador. Levarei para a avenida muita alegria e animação!”, ela que é do bairro Queimadinha, se diz apaixonada pelo evento e faz parte do Bando "Na Palma da Mão".
    Uma mesa de debate sobre o tema: “Para onde vai o Bando: desafios e perspectivas para o futuro do Bando Anunciador”. Precedeu a escolha da Rainha, e contou com as participações e explanações dos pesquisadores, Aldo José Morais e Rhanna Rosa Alves, do diretor da 3ª Ciretran, Silvio Dias, do representante da Polícia Militar da Bahia, soldado Marcone Rodrigues, e do artista, músico, cantor, compositor e servidor municipal, Toinho Campos, que representou a Prefeitura de Feira de Santana e a Secretaria Municipal de Cultura.
    Como não podia deixar de ser participaram do evento o reitor da Uefs, professor Evandro do Nascimento, que proferiu um discurso incisivo sobre a nossa realidade neste momento de falência de valores e subserviência ao capital internacional, que foi aplaudido por toda assistência, e a vice-reitora da Instituição, professora Norma Lúcia Fernandes.
    A diretora do Cuca, professora Rosa Eugênia Vilas Boas, esteve presente ao evento, naquele momento liderando sua competente equipe, que vem realizando, com os sacrifícios impostos a esta gestão, os eventos que asseguram muito dos movimentos culturais de nossa cidade.
    Dilma Ferreira, nossa Diva maior em atividade, enriqueceu o evento com sua apresentação musical repleta de alegria e animação, antes do certame, durante a apresentação das candidatas, e em um perfeito carnaval dos velhos tempos para encerrar a cerimônia de posse.

AUTORIA: Viva Feira

Rainha do Bando Anunciador - Beto Souza - Álbum1
Rainha do Bando Anunciador - Beto Souza - Álbum2
Rainha do Bando Anunciador - Álbum3


GRANDES EVENTOS FEIRENSES - BLOCO TRACAJÁ QUINZE ANOS DE HISTÓRIA NO NOSSO MICARETA

Reginaldo Tracajá, fotógrafo e repórter fotográfico, ativista cultural criou há quinze anos, o Bloco que firma-se como uma manifestação alternativa e de liberdade em nosso Micareta.

Publicado em: 03/07/2018 - 22:07:45

    Este ano o Bloco Tracajá trouxe uma nova Rainha, a cantora e compositora Kareen Mendes, personalidade ativíssima na vida cultural de Feira de Santana, presente em quase todos os eventos culturais, e sempre um apoio quando uma causa justa necessita de seu canto. Até então a Rainha do Bloco Tracajá era a também cantora Maryzelia, que reinou muitos anos ao lado de Silvério Silva, esse pelo visto forte e com a popularidade em alta, pois parece imexível. Melhor que ser presidente, pois ao contrário do Rei Silvério, alguns por aí que vivem um cai, não cai, que não é brincadeira, e olhe que nem é pulando Micaretas!!!
    Brincadeiras a parte, mas nem tanto, pois a proposta do Bloco que já pode ser visto como tradicional em nosso Micareta é exatamente o bom humor, como se constata nos álbuns que Beto Souza está nos proporcionando, como sempre, cavucando cada detalhe possível do evento, com seu olhar crítico e também eivado de humor em perfeita harmonia com o bloco que ele documentou.
    A opção de descontração do Bloco Tracajá já começa na concentração realizada em frente ao Restaurante Casa do Sertão e suas imediações, saindo dali para animar a avenida com a alegria que faz parte dessa iniciativa se firmando como uma verdadeira tradição de nossos mais recentes Micaretas!
    Os protestos não faltaram durante todo Micareta, e é claro que no Bloco Tracajá não poderia ser diferente. A indignação vira deboche e vai por aí, tudo com muito humor como é característico de nosso povo, que muitas vezes de tanto fazer gracinhas com os dramas não toma uma atitude mais severa.
    Citar participantes do bloco é um grande risco de cometer injustiças, além do fato que seria um lista imensa, uma vez que a grande maioria dos frequentadores são personalidades do jornalismo, artes, cultura e até políticos, de modo que não nos arriscaremos nesta seara.
    Através da lente e do olhar competente de Beto Souza, estamos publicando três álbuns, postados abaixo, que dá um excelente testemunho da alegria e da descontração do Bloco Tracajá. Confiram as fotos:

AUTORIA: Viva Feira com fotos de Beto Souza

Bloco Tracajá - 2018 - Álbum1
Bloco Tracajá - 2018 - Álbum2
Bloco Tracajá - 2018 - Álbum3


OUVINTES LOTAM AUDITÓRIO NO I COLÓQUIO: DIÁLOGOS SOBRE O CORPO

O evento ocorreu na Universidade Estadual de Feira de Santana nos dias 08 e 09/05.

Publicado em: 15/05/2018 - 09:05:57

    A corporeidade foi tema de debate do I Colóquio: Diálogos sobre o corpo, evento promovido pelo Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Filosofia (NEF) e coordenado pela professora Doutora Caroline Vasconcelos Ribeiro, ocorreu na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) nos dias 08 e 09/05.
    Com o auditório do Módulo VII superlotado, o primeiro dia contou com uma mesa-redonda composta pelos prof.º Charliston Pablo do Nascimento, prof.º Rodrigo Ornelas e prof.ª Kleyde Lessa, traz
endo discussões sobre o corpo na arte, o espírito e o corpo, e a literatura e o corpo.
   
No segundo dia, o evento contou com um minicurso de tema “A presença do corpo na história da arte” com o professor Charliston Pablo do Nascimento e mesa-redonda composta pelos prof.ª Caroline Vasconcelos, psicólogo Deivison Miranda e prof.º Marcelo Santana, com discussões sobre o corpo em Heidegger, o corpo material e o corpo vivido, e o corpo como miragem e semelhança.
     Com ouvintes sentados nos degraus, o colóquio foi um sucesso, os palestrantes foram ovacionados ao final de suas falas o que comprova a satisfação do público com a realização do evento. Parabéns a organizadora professora Doutora Caroline Vasconcelos Ribeiro. Que venha o II Colóquio!

    Confira registro de Maiara Santos no álbum abaixo!


AUTORIA: Viva Feira
Fotos


I COLÓQUIO: DIÁLOGOS SOBRE O CORPO - UEFS


CARLA VILHENA SE ENCANTA AO VISITAR PELA PRIMEIRA VEZ O MUSEU PARQUE DO SABER

Não há dúvidas que o Parque do Saber é puro encantamento!

Publicado em: 14/05/2018 - 10:05:57

    Na manhã desta quinta-feira, 10, a jornalista Carla Vilhena, esteve no Museu Parque do Saber, em sua segunda Visita à nossa Cidade. Carla que já foi integrante de renomados jornais da TV Brasileira, dentre eles: Jornal Nacional; Jornal hoje, Bom dia São Paulo, SPTV e Fantástico, traçou comentários de quando veio em sua primeira vez à Feira de Santana, há quatro anos, e como ela ver a cidade hoje.
    ”Já fiquei surpresa na primeira vez, porque vi uma cidade muito desenvolvida. Quando as pessoas pensam em Bahia, pensam só em praia, e aqui a gente ver que tem um comércio forte, tem uma atividade econômica forte, ou seja, uma cidade auto sustentável, pelo menos a parte que vi, vi muito rapidamente, por ter vindo a trabalho, em um dia, dessa vez fiquei 4 dias, aí já deu para constatar que realmente tem um desenvolvimento que é extenso e importante para a cidade” comenta impressionada.
    Na oportunidade, a mesma visitou o Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo, e o seu Planetário, que é referência em tecnologia e inovação, cujo equipamento ZKP-4 Quinto, na época, foi o primeiro instalado na América do Sul. Após a sessão que participou junto aos aprendizes do Instituto Brasileiro Pró-Educação, Trabalho e Desenvolvimento - Isbet saiu do Planetário bastante satisfeita e com o desejo de levar boas experiências da cidade, e principalmente do Museu, e frisa “A cidade está de Parabéns e com um planetário surpreendente, que não se encontra em outros lugares do Brasil. Isso é uma notícia muito feliz, muito animadora para a cidade. Já tinha visto esse modelo de projeção ,mas, no exterior. Aqui no Brasil é um motivo de orgulho para Feira de Santana possuir uma sofisticação tão grande nesse campo da astronomia”.
    Basílio Fernandes, Diretor do Museu, ressalta a importância da presença de visitantes ao planetário “É um momento de troca de experiências e oportunidade de conhecer o universo” completou lisonjeado com a presença de Carla Vilhena ao Museu “Receber Carla Vilhena, referência nacional no jornalismo, com bastante experiência e formação de opinião embasada. É muito importante para nós na medida que temos a oportunidade de apresentar nosso trabalho e seu incentivo na educação.
    A jornalista se divertiu, e levou imagens de alegria e satisfação por conhecer um equipamento tão sofisticado que a cidade possui “Muita competência. Uma surpresa. Feliz de ver como aqui vocês tiveram a vontade e recurso para colocar algo tão sofisticado.Fico muito feliz de saber que vocês estão cuidando de uma coisa tão importante como ensinar ciência para os jovens” comenta.
    Para Antônio Carlos Coelho, Presidente da Fundação Egberto Costa - FUNTITEC, que integra o equipamento, é motivo de grande satisfação receber pessoas de importância nacional, pois, além de apresentar o que Feira de Santana oferece em recursos tecnológicos e educacionais para a comunidade isso influencia favoravelmente no número anual de visitações ao Museu, pois, essas influências também geram curiosidade
    “É muito importante o Museu Parque do Saber receber a visita de pessoas de influentes dentro da comunidade Brasileira, a exemplo da visita da Jornalista da Rede Globo, Carla Vilhena, que ficou encantada com o nosso planetário. O Museu é parte importante para o turismo e para os turistas que visitam a cidade.
    Carla ficou feliz com a recepção, deixou uma parcela de carinho com quem estava presente no Museu  “ Gostei demais, e da população principalmente. Gostaria de dizer que levo muita simpatia, muito carinho e pretendo voltar muitas vezes”  completa.

AUTORIA: Release e fotos: ASCOM FUNTITEC
Fotos




COM SEIS HORAS DE SHOW, A RESSACA (PROJETO ENSAIO) DO MICARETA FESTEJA O SUCESSO DO EVENTO

Mais um projeto para população trabalhadora do centro da cidade muito bem recebido e elogiado por aqueles que tiveram a possibilidade de curtir os shows.

Publicado em: 30/04/2018 - 18:04:58

    Desde fevereiro fazendo a festa aos sábados na cidade, o Projeto  Ensaios de Micareta, promovidos pela Fundação Egberto Costa através da Prefeitura de Feira de Santana, realizou o último evento desta temporada, neste sábado, 28, primeiro final de semana pós-folia, no Mercado de Arte Popular. Foram seis horas de show com os cantores, Mano Gavazza, Djalma Ferreira e Márcia Porto, com participações de Gilsan, Nilton rasta e a banda Outros Baianos.
    O evento agitou o público que, mais uma vez, lotou o MAP ao ritmo do axé, samba, reggae e forró. "O que a gente tem a dizer, é agradecer a todos os organizadores, a Fundação Egberto Costa. E esse projeto tem que seguir, porque é uma grande iniciativa e vale a pena sim continuar. Feira de Santana merece e precisa disso.”, disse Tanny Brasil, da banda Outros Baianos.
    Márcia Porto convidou para subir ao palco o músico Jeferson Akeno, finalista do Festival Vozes da Terra de 2014 e que estava em meio ao público. "Foi uma surpresa, eu não imaginava que ela fosse me reconhecer, depois de tanto tempo. Márcia é uma pessoa que sou muito fã, com uma energia massa, uma pessoa linda. Pra mim o que aconteceu aqui foi emocionante e eu vou guardar esse momento pra vida toda". Disse Jeferson.
    "Eu estou muito feliz, quero parabenizar a todos responsáveis em ter tido essa idéia maravilhosa, em promover a cultura nesse espaço, o Mercado realmente tem que ser um ponto cultural da diversidade, um ponto eclético, de todos os níveis de arte e principalmente oportunizar a população de ter um show bacana, de ter contato com os artistas. A gente vê aqui, crianças, idosos, pessoas de todas as faixas etárias, de todos os níveis social e isso é bom demais, eu estou apaixonada por esse evento e quero que venha muito mais por aí", disse Márcia Porto.  
    Com muita energia, dança e alegria, dona Célia fez questão de ficar até o final da festa. O desejo da dona de casa era que esse que não fosse o último sábado do evento. "Eu gostei de tudo, desde que começou os Ensaios de Micareta, que eu não perco um sábado aqui no Mercado, é uma pena que acabou, porque foi tudo de bom, e essa ressaca foi maravilhosa", comemorou.

AUTORIA: Release: ASCOM FUNTITEC - FOTOs: Brena Maynart
Fotos




MUNDO DE MAGIA EM COMEMORAÇÃO A SEMANA DO LIVRO INFANTIL


Publicado em: 26/04/2018 - 16:04:00

    Na manhã desta quarta-feira, 25, a Biblioteca Municipal Arnold Ferreira Silva realizou o evento da Semana do Livro Infantil e comemorou o aniversário do escritor Monteiro Lobato. A programação conteve arte, música e muitos contos de historinhas, fez com que os alunos da Escola Municipal Associação Cristã Feminina aprendessem e se encantassem pelo mundo da leitura.
    Segundo a chefe de Divisão de Bibliotecas da Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa - FUNTITEC, Telma Freitas de Melo, a biblioteca como uma prestadora de serviços tem que está atenta aos desejos da comunidade e as crianças têm tudo a ver com Monteiro Lobato é também a elas que prestamos essa homenagem. “ É dever da biblioteca comemorar a Semana do livro infantil e presta homenagem a este grande escritor Monteiro Lobato que revolucionou a literatura infantil e o mundo mágico das crianças com os seus personagens”.
    A coordenadora da Escola Municipal Associação Cristã Feminina, Maria de Fátima Lima Santana, nos conta que “ Essa visita à biblioteca hoje está sendo de grande importância para os alunos e para nós professores, porque estamos dando oportunidade aos mesmos de uma aprendizagem rica e diferenciada, levando a leitura num ambiente fora do espaço escolar. Podemos observar o brilho no olhar de cada criança, ao interagir com as atividades apresentadas em homenagem a Semana do Livro Infantil e o aniversário de Monteiro Lobato”, comenta.

AUTORIA: Release da ASCOM FUNTITEC - FOTOS: ALEXSANDRA COSTA
Fotos




CEU AVIÁRIO REALIZA AULÃO EM CLIMA DE MICARETA


Publicado em: 20/04/2018 - 02:04:31

    Há cerca de 8km do Circuito Maneca Ferreira, no Centro de Artes e Esportes Unificados - CEU, do bairro Aviário, a Micareta deste ano deu sinais de que já começou. As alunas da Oficina de Práticas Corporais participaram de um Aulão de Micareta na manhã desta quinta-feira, 19, primeiro dia oficial da festa, conduzida pela professora Daiane Araújo e com participação do professor Bruno Ramos, que ministra aulas de Swing Baiano  através do Programa Arte de Viver.
    Glitter, fantasias e tênis. As alunas capricharam na produção para participar da aula que misturou saúde, alegria e bem estar em clima de Micareta. A diarista Terezinha Santos, de 47 anos, participa das aulas de dança e práticas corporais há cerca de um ano e meio. E os benefícios dessas atividades são percebidos no dia-dia dela. “Quando eu vou trabalhar me sinto bem, não sinto mais dores nas costas, nem nas pernas. Pra saúde isto aqui é muito bom. Quando eu paro de fazer sinto logo as consequências”, contou.
    A professora Daiane Araújo explica que em festas como a Micareta é possível se exercitar de forma saudável. Mas, para que tenham efeito, precisam ser realizados cotidianamente. “Se a dança for feita de forma pontual não impacta na saúde. Mas, se a prática for levada para vida, sim. Aqui no CEU nós temos uma equipe que planeja e orienta esses alunos de forma qualificada”, disse.

AUTORIA: Release da ASCOM FUNTITEC - FOTOS: João França
Fotos




EM PERÍODO ANTECEDENTE A FESTA MOMESCA, CÚPULA ROCK ACALORA NOITE FEIRENSE


Publicado em: 17/04/2018 - 09:04:17

    OCK pisou no palco. Os embalos do Rock deram início à noite. Performática diferente. O vocalista centrou um som maneiro e em uma pegada versátil chamou a atenção com trabalho autoral versado com mesclas estrangeiras.
    A Noturnos do Paraíso pisou no palco e mostrou que os acordes soteropolitanos vibram nos interiores baianos. Com CD lançado, cantou também músicas conhecidas do público. LS Jack fez parte do show da banda.
    Finalizando a noite, a Navelha exprimiu seu som diversificado. Banda já conhecida na cidade, o grupo extraiu uniformidade. Com clipe e single lançados recentemente, vem dando passos importantes na sua trajetória.
 


AUTORIA: Ascom Cúpula do Som



Mais Notícias

    Desde fevereiro fazendo a festa aos sábados na cidade, o Projeto  ...

    Na manhã desta quarta-feira, 25, a Biblioteca Municipal Arnold Ferreira...

    Há cerca de 8km do Circuito Maneca Ferreira, no Centro de Artes e Espor...

    OCK pisou no palco. Os embalos do Rock deram início à noite. Per...

    Os moradores do conjunto habitacional Ponto Verde, no bairro Tomba, receberam ...

    O Museu Parque do Saber foi o cenário escolhido pelo artista Gaspar Med...

    Quem conhece as obras de Clarice Lispector sabe que,  em muitas de suas c...

    Nesta última terça,10, o Teatro vai aos bairros foi até o...

    Com espetáculos teatrais baseados em clássicos da literatura com...

    Dom Quixote, o famoso personagem da obra de Miguel Cervantes, ganhou vida atra...


Página de 20
| | | | |

 

Apoio Cultural:



Aniversário Funtitec
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados