Fechar Página

Sandro Penelú
É Cantor, compositor e violonista profissional, com especialização em violão popular e dissonante. Foi vencedor do Festival de Música da antiga Rádio Cultura, em 1988, recebendo ainda troféu melhor arranjo e melhor interpretação. Em 1989, participou do projeto “OFICINA DE MÚSICA”, coletânea gravada com diversos artistas emergentes da época, na qual, além de intérprete de sua própria música, foi também convidado especial para vocal em todas as faixas e responsável pelos arranjos de violão, participando também como diretor musical daquele projeto. Foi vice-campeão do I MUSIFEST, realizado no palco do Feira Tênis Clube (1991).
 
Conquistou por dois anos consecutivos o troféu Melhor Voz e Violão do Ano (1992 e 1993), promovido pela Nativa Chic Produções. Foi co-produtor e arranjador do disco de Janno, no qual uma música sua foi gravada, “Encanto”, a qual seguiu durante dez anos sendo tocada no rádio! Foi também finalista do I FECON, festival de música realizado em 1997, no palco do CCAAm, participando do disco deste festival em duas de suas faixas, um feito praticamente inédito em se tratando de festivais. Participou também como arranjador do disco de Almery Bastos, no qual tem uma participação especial em uma das faixas e acaba de lançar o seu próprio CD.
 
Sandro Penelú atua em casas de show, em Feira de Santana, há exatos vinte e um anos, sempre desfilando um repertório à base da MPB e Pop Nacional, além de exercer outras atividades vinculadas a arte e a noite feirense, sendo também colunista do Jornal “Feira Noite e Dia”, onde mantém uma coluna sobre atividades artística e uma agenda, na qual divulga seu trabalho e dos demais colegas artistas que a ele solicita.
 
Podemos afirmar que Sandro Penelú, é parte da Cultura e da noite feirense, por seu excelente trabalho, e também por seu espírito de solidariedade aos demais artistas da comunidade.
 
(VIVA FEIRA 2010)
 
SANDRO PENELÚ TEM A EXELÊNCIA DE SER UM CRIADOR INQUIETO, QUE ESTÁ SEMPRE SE RENOVANDO, POR ISSO MESMO, ELE ELABOROU VÁRIOS BLOGS PARA EXPRESSAR SUA ARTE LIVREMENTE. CONHEÇA OS TRABALHOS DE SANDRO, ALÉM DO CANETA AFIADA:









O passado na dose certa


Publicado em: 20/03/2019 - 19:03:45


Valorizar o passado não é estar preso a ele. É ter a consciência de que a vida é feita de momentos, felizes ou não, mas que compõem a sua colcha de retalhos.

 

*SOMOS VELHOS - Arqueólogos acabam de encontrar uma mandíbula de um homem, que data de 2,8 bilhões de anos. Pois é... Deus nos fez há muito mais tempo que o imaginado.

 

*VAI UM CAFEZINHO AÍ? - Oba! Tomar quatro xícaras de café por dia ajuda a prevenir o infarto...

 

*MONARQUIA – Nos países governados por um rei ou rainha, a popularidade destes é altíssima. Suas aparições geram respeito e reverência por parte do povo. Aqui no Brasil, os nossos Presidentes nem se arriscam a uma apariçãozinha rápida, por saber que serão vaiados. Seria a monarquia um caminho para um Brasil melhor?

 

*SÓ RINDO - Aí, a menina tem centenas de curtidas em suas fotos. De repente, posta "Em um relacionamento sério"... E as curtidas caem pra menos de dez. (Cá, cá, cá, cá!)

 

*OS AMIGOS APENAS COMPÕEM O CENÁRIO - A saidinha não é para resenhar cara a cara. A pessoa se isola com seu smartphone e os amigos que se danem.

 

*ÊTA, MENINAS DANADAS - Pesquisas apontam que mais da metade das mulheres possuem um homem de reserva, para o caso de seu relacionamento oficial acabar... (Eu, hein?!)  kkkkk

 

*SOFRIMENTO, TÔ FORA - Eu já disse: De sofrimento, já basta meu contracheque...  Não me chamem pra ouvir música de sofrência. (Cá, cá, cá, cá!)

 

*DEU NO RÁDIO - Na semana passada, um apresentador dava e comentava assim a previsão do tempo em Feira de Santana: “Sol com pouca possibilidade de chuva nesta manhã de sábado em Feira de Santana. A probabilidade de chuva é de 70%. Portanto, tudo leva a crer que pode chover ou não.” (Cá, cá, cá, cá!)

 

*RAUL SEIXAS E PAULO COELHO - Um casamento quase perfeito. Talvez seja esta a melhor definição da parceria entre o cantor Raul Seixas e o escritor Paulo Coelho. Enquanto um fazia “loucas viagens” ao subconsciente, com letras ousadas e futuristas (Paulo) o outro emprestava sua musicalidade a todas elas, imortalizando canções como “Gita”, “Metamorfose Ambulante”, “Ouro de Tolo” e outras.

 

*O BEM MAIOR - Quando caímos na cama, por motivo de doença – seja ela grave ou não – é que começamos a aprender a valorizar o verdadeiro tesouro que é a saúde. O ideal seria que isso acontecesse com o corpo firme e sadio. Aí sim, provaríamos que somos reconhecidos a Deus pelo bem maior do Universo: A vida!  



Fonte:







Página de 210

| | | | |
Próxima ->




(75) 4141-2757 (fixo) e (75) 8821-6940



New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados