menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
PROJETO SOCIAL PREPARA ESTUDANTES PARA INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR


Publicado em: 16/07/2018 - 04:07:26

    O Vestibular e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) são grandes obstáculos a serem enfrentados pelos aspirantes ao nível superior. Muitos não se sentem aptos ao concluírem o ensino médio e precisam do suporte de um curso preparatório. No entanto, tais cursos geralmente são caros e, portanto, inacessíveis para muitos estudantes.
    Fundado em 2006 pelo pastor Welington de Andrade Matos, da Igreja Batista Central de Feira de Santana, o Verbo Estudantil é um curso preparatório para Vestibular e Enem de cunho social e comunitário, no qual os estudantes arcam apenas com uma taxa para manutenção da sala e material.
    Matheus Vinicius Ferreira Lima passou no concurso da Polícia Militar em 2017, além de ter sido aprovado em Direito no Instituto Baiano de Ensino Superior (IBES), com bolsa integral pelo ProUni. Como a instituição se localiza em Salvador, o estudante permaneceu no Verbo e Turma Verbo 2018 em sala de aulaagora (2018.2), passou em Direito na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Para ele, o cursinho representa “um trabalho social que veio para tentar diminuir as dificuldades para o ingresso no ensino superior”. Matheus acrescenta que o Verbo conta “com professores qualificados, numa sala climatizada, um ambiente positivamente organizado”.
    Aprovada em pedagogia no último vestibular da Uefs, Adrielle Siqueira Machado conta que o Verbo foi, para ela, como uma “luz no fim do túnel”, já que “eu estava desesperada, sem ter dinheiro pra um cursinho pré-vestibular, e achei esse curso, foi uma ajuda muito grande”.
    A estudante de Direito, aprovada no Vestibular de 2018.1 da Uefs, Luciana da Silva Santos afirma que o Verbo, para ela, representa uma grande família. Luciana ressalta que os professores, voluntários, procuram “passar conhecimento com segurança, tranquilidade e comprometimento”.
    O professor Adelmo Dias defende que o curso prepara tão bem quanto os pré-vestibulares renomados da cidade. “Todos os professores têm formação acadêmica na área e já têm experiência em outros lugares”. Ele, que leciona na instituição há cinco anos, conta que “o Verbo para mim é uma casa, eu me sinto bem em ajudar as pessoas”.
    “Formar cidadãos e levar os estudantes a alcançar uma formação acadêmica e uma profissão, não só por dinheiro, mas principalmenteTurma Verbo 2018 em sala de aula pelo amor àquilo que ele escolheu fazer na vida” é a missão do Verbo, assim afirma seu coordenador, Dinamarque Santos Silva. Ele defende que um bom profissional é aquele que segue sua vocação e trabalha não apenas por dinheiro, mas sobretudo por amor à sua profissão e ao próximo.
    O Verbo Estudantil funciona de segunda a sexta-feira, das 18h30 às 21h30, na Avenida Santo Antônio, 806, Ponto Central. Os telefones são: (75)3612-6500, 98102-7937 e 99257-5651.
Estudantes do Verbo aprovados em 2018 nos vestibulares / Enem:
- Luciana da Silva Santos: 4º lugar em Direito na Uefs;
- Rodrigo Gabriel da Silva Lima: Energia e Sustentabilidade na UFRB;
- Matheus Conceição: Biomedicina na FTC com bolsa de 100% pelo ProUni; 
- Matheus Vinicius Ferreira Lima: Bolsa de 100% pelo ProUni em Direito no IBES (Salvador) e Direito na Uefs;
- Flávia Vitória Carneiro Moura: 6° lugar em Fisioterapia na Unifacs;
- Lúcia Maria de Oliveira Alves: Psicologia na FAT com bolsa Graduar de 50%;
- Gabriella Alves de Oliveira Soto: Direito na FAN, FAT e FTC. Psicologia na Unifacs;
- Ana Carolina Simões Martins: Educação Física na Uefs;
- Lanai Tyelle Nascimento Moreira: Enfermagem na Uefs;
- Adrielle Siqueira Machado: Pedagogia na Uefs;
- Enzo Fonseca: Educação Física na Uefs.

AUTORIA: Release de Lana Mattos



II CICLO EM OFICINAS DE ESCRITA CRIATIVA


Publicado em: 13/07/2018 - 16:07:50

    A "Oficina de Escrita Criativa", mediada pela poeta Lívia Natália, abre a segunda etapa do Ciclo de Oficinas em Escrita Criativa em Feira de Santana. O projeto tem como objetivo contribuir e fomentar a produção literária das mulheres da cidade e região, a partir de oficinas e rodas de conversa com outras autoras do estado. A ideia é a cada encontro pensar o processo e os procedimentos literários que cada uma das autoras participantes utilizam, estimulando assim, a leitura e consumo dessa literatura, mas também a produção e autopublicação de outras mulheres.
    Nesse sentido, o ciclo será composto de três etapas, pensando o processo da produção à publicação. Sendo que a primeira delas, com três diferentes oficinas, ocorreu no segundo semestre de 2017 e as demais acontecerão ao longo de 2018. Além disso, prevemos também a seleção e organização de uma publicação coletiva com os poemas ao final da formação e também um evento de lançamento, juntamente a exposição de outras artistas mulheres da região.
    Titulo: A palavra como exercício: poesia e liberdade
    Resumo: A oficina é voltada para pessoas que escrevem ou se interessam pela escrita literária. A proposta é que a partir do diálogo sobre o fazer poético, as participantes sejam estimuladas a pensar seu próprio processo de forma mais consciente, além de refletirem sobre a escrita poética de forma diversa, como um espaço onde diferentes formatos e temas são possíveis. Assim, através de leituras e do recurso à palavra como exercício, vamos conjugar poesia e liberdade!
    Público: mulheres de todas as idades.
    Turma: até 20 participantes.
    Carga horária: 3h
    Materiais: Datashow, caixa de som, poemas xerocopiados, e material pessoal para escrita (caderno, canetas e/ou laptops).


AUTORIA: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira



MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA OFERECE OFICINA DE MODELAGEM EM BARRO COM O ARTISTA ZÉ ANDRADE

Um dos mais importantes, artista plástico e ceramista do Brasil, com exposições no exterior, estará ministrando uma oficina de modelagem em cerâmica para os feirenses entre os dias 16 e 21 de julho!

Publicado em: 10/06/2018 - 21:07:57

    Em comemoração do aniversário de 22 anos do Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira- MAC, o renomado artista visual Zé Andrade estará ministrando uma oficina e curso prático “Técnicas e Maneiras de lidar com o Barro”. Serão trabalhadas a figura humana e a caricatura através da experiência e técnica adquirida pelo artista ao longo dos seus 40 anos de trajetória. A atividade é gratuita.
    A oficina acontece de 16 a 21 de julho, das 19 às 21h, no Museu de Arte Contemporânea. As melhores obras criadas na oficina vão compor a exposição “40 Anos de um Artista da Terra” prevista para acontecer ainda este mês.
    As vagas são limitadas e para se inscrever basta comparecer ao MAC, de 09 a 13 de julho, portando documento de identificação com foto. O Museu funciona das 08h às 17h.

O ARTISTA:
    Zé Andrade mora no Rio de Janeiro há 40 anos, e foi lá que desenvolveu sua carreira artística. Atuante como escultor, representa a Arte Popular com intuito de manter a memória do povo, sua cultura e sua arte. Criador de pequenas esculturas em cerâmica, retrata artistas e personalidades nacionais e internacionais de reconhecido valor cultural, entre elas: Fernando Pessoa, Van Gogh, Mário de Andrade, Nélson Rodrigues, José Saramago, Tom Jobim, entre outras personalidades. Sua obra conta atualmente com cerca de 140 personagens. Dentro de sua carreira artística, participou de inúmeras exposições no sul do país, além de ter conquistado várias premiações em salões de artes e bienais.

AUTORIA: Release do MAC



APÓS VENCER CONCURSO, ESCRITORA FEIRENSE COMPARTILHA MEMÓRIAS EM LIVRO


Publicado em: 06/07/2018 - 09:07:51

    A escritora feirense Elis Franco lança na próxima terça-feira (10), o livro “Memórias afetivas”, pela editora Cogito. O evento de lançamento acontecerá no Museu de Arte Contemporânea (MAC), a partir das 19h com um coquetel, intervenções literárias e música ao vivo. Livros traz crônicas e narrativas do cotidiano.
    Recentemente, a autora, que é mestra em estudos literários, também foi a vencedora da quarta edição do Concurso Municipal de Poesia de Feira de Santana (Prêmio Georgina Erismann) com o poema “Dos ínvios caminhos”. Elis tem trabalhos publicados em coletâneas de diversos estados.
    “A gente escreve porque algo nos inquieta, seja uma angústia ou seja uma reflexão. E quando você materializa isso, em palavras, você liberta o que está preso e faz com que a pessoa que vai ler, também se liberte de alguma forma. Serve meio que uma catarse”, diz a autora.
    “Há ousadia e certa dissimulação quando a autora, por vezes, parece brincar com o leitor ao questionar verdades antes absolutas, na tentativa de hipnotizá-lo, fazendo-o repensar estruturas antes fixas, para uma viagem na descoberta de si mesmo”, assegura a poetisa Mariana Barbosa, que assina a sinopse do livro.
    Ainda de acordo com ela, a publicação traz narrativas leves, embora reflexivas, pragmáticas e incisivas de uma “escrita sem rótulos” ou estereótipos. Uma percepção ímpar e filosófica de sentimentos e sentidos de um universo despido de preconceitos. De acordo com a autora, “Memórias afetivas”, será lançado também em Salvador (21) e em Ribeira do Pombal (25).



AUTORIA: Portal BK2



OAB DIVULGA NOTA DE REPÚDIO

Em virtude do crescimento necessário, mas que no entanto tem sido desordenado do nosso Judiciário, algumas deformações tem acontecido, necessitando da intervenção da OAB na defesa das prerrogativas da advocacia, razão pela qual recentemente publicou a seguinte Nota.

Publicado em: 02/07/2018 - 17:07:31

    A OAB SUBSEÇÃO DE FEIRA DE SANTANA, face ao despacho proferido pelo juiz titular da 2ª Vara da fazenda Pública desta Comarca, no Processo de nº 0513475-12.2017.8.05.0080, vem a público REPUDIAR com veemência a conduta do referido magistrado, por sua completa incompatibilidade com a dignidade da Magistratura, bem como pelo desrespeito ao exercício da Advocacia e aos direitos dos Jurisdicionados.
    No processo em referência, o juiz Gustavo Hungria proferiu o seguinte despacho inicial:
    “(...) As fls. 11, na petição inicial diz o autor: “deste modo deve ser concedida a tutela pleiteada, pois estão presentes os elementos necessários para o tanto, (...)” (grifo nosso).
    Vê-se, pelos termos usados que o peticionário escolheu o verbo no imperativo pra se dirigir à jurisdição, o que acentua o caráter de mando, de autoridade, exprimindo, ordem, por certo incabíveis em uma petição, cuja natureza é um ato de pedir, um requerimento.
    (...)
    Face ao exposto, emende-se a petição inicial formulando o pedido. (...)”

    Na qualidade de agente público, o Juiz de Direito está adstrito ao cumprimento das Leis e demais atos normativos do Estado, de forma que o poder que exerce é, em verdade, um poder-dever, que o obriga a agir de acordo com os mandamentos do ordenamento jurídico pátrio, respeitando os princípios e fundamentos constitucionais balizadores do Estado Democrático de Direito, portanto seus despachos e sentenças não são favores públicos.
    No tocante à petição inicial atacada pelo magistrado da 2ª Vara da fazenda Pública da Comarca de Feira de Santana – BA, agiu corretamente o Advogado na utilização do verbo “DEVER”, no imperativo “DEVE”, uma vez que, caso preenchidos os requisitos legais, como alega a parte autora, o magistrado terá o DEVER de conceder a tutela, mas se não preenchidos tais requisitos o juiz terá o DEVER de não conceder. Portanto, o magistrado terá sempre outro DEVER, que é o de fundamentar as suas decisões para dizer se os requisitos estão ou não presentes, e deferir ou não a tutela pleiteada, cumprindo o seu DEVER de magistrado.
    No caso em comento, o magistrado optou por deixar de cumprir o seu DEVER e atacar gratuitamente, não apenas o Advogado e a Parte Autora do processo, mas toda a Advocacia, num ato personalista e antirrepublicano, esquecendo de cumprir a sua OBRIGAÇÃO de realizar a prestação jurisdicional.
    Há que se asseverar que o Advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, conforme previsão da Constituição da República e disciplinamento específico feito pela Lei Federal 8.906/94, que assegura um conjunto de prerrogativas imprescindíveis à proteção do Regime Democrático do Estado Brasileiro. Assim, qualquer tentativa de obstruir o exercício das prerrogativas profissionais do Advogado, constitui verdadeiro ataque aos princípios constitucionais do devido processo legal, do contraditório e da ampla defesa. O advogado jamais deve ser tolhido na sua fala, na sua argumentação, e na defesa do seu cliente.
    A OAB atua e continuará a atuar na defesa intransigente das prerrogativas da Advocacia, baseada no diálogo e no bom senso, em homenagem à inexistência de hierarquia ou subordinação entre Advogados, Magistrados e membros do Ministério Público, devendo existir tratamento recíproco com consideração e respeito. Desta forma, não se esquivará de adotar as medidas judiciais e/ou administrativas necessárias para garantir o livre exercício profissional.
    O mesmo se estende à garantia de que nenhum membro da Advocacia seja constrangido por conta de sua atuação profissional em defesa dos interesses de seus constituintes, para assim concretizar o direito fundamental de amplo acesso à Justiça.
    É com firmeza, portanto, que OAB SUBSEÇÃO FEIRA DE SANTANA repudia e repudiará qualquer comportamento ou conduta, institucional ou individual, que se envergue de excessos e arbitrariedades, ou que objetive constranger o exercício das funções e prerrogativas dos Advogados, como no ato ora presenciado, colocando-se sempre na defesa do Estado Brasileiro, da Democracia, da República e das Instituições.
    A OAB SUBSEÇÃO FEIRA DE SANTANA se insurgirá contra qualquer ato de violação das Prerrogativas da Advocacia, sendo certo que se posicionará de forma firme e combativa contra toda e qualquer situação violadora da dignidade das Advogadas e Advogados, mantendo-se sempre vigilante para que situações como esta não voltem acontecer.

Marcus Carvalhal
DIRETORIA DA OAB SUBSEÇÃO FEIRA DE SANTANA / BA
Feira de Santana, 29 de junho de 201

AUTORIA: Nota publicada pela OAB-Feira



SEBRAE REALIZA PALESTRA PARA QUEM QUER INICIAR UM NEGÓCIO

Sexta da Oportunidade será realizada nesta sexta-feira, dia 29, com orientações sobre financiamento, acesso a crédito e planejamento para quem deseja abrir um negócio

Publicado em: 29/06/2018 - 11:06:30

    Para auxiliar quem deseja começar a empreender, o Sebrae em Feira de Santana traz para a cidade mais uma edição da Sexta da Oportunidade, nesta sexta-feira, dia 29. O encontro irá ocorrer das 16h às 18h, na agência de atendimento do Sebrae na cidade e as inscrições são gratuitas. Os interessados podem se inscrever na Loja Virtual do Sebrae ou na unidade da instituição, localizada na Rua Barão do Rio Branco, 1.225, Centro. As vagas são limitadas.
    Consolidada pela instituição como o dia oficial de atendimento e orientação ao potencial empresário, a sexta-feira traz, dessa vez, uma programação voltada para quem quer começar a empreender, com informações sobre a análise de opções e cuidados no acesso a financiamento para negócios.
    Começar um negócio sem dinheiro é um desafio para muitos empreendedores. E boas ideias muitas vezes não vão adiante por falta de capital para iniciar a empreitada. Por isso, na palestra serão abordados temas como: a importância do planejamento; como transformar ideias em projetos; orientações sobre plano de negócios; mercado e viabilidade financeira; como negociar um financiamento; opções e modalidades de financiamento; fatores avaliados na concessão de crédito e o que dificulta o acesso a ele.

AUTORIA: Vívian Rodrigues



MOSTRA DIDÁTICA DA OCA/CUCA


Publicado em: 15/06/2018 - 14:06:39

    "O título é a chave do pensamento da arte e como fonte de conhecimento é a transformação, e dos frutos que o CUCA gera, como estes se conectam, e como isso tudo cria um todo tão complexo e completo".
    A Mostra Didática da OCA/CUCA faz parte do projeto A Oca vai aos Museus. E começa às 19:00 no Museu de Arte Contemporânea. Na ocasião terá: presentação de Piano, dança e apresentação musical.

    O quê: Mostra Didática da OCACUCA
    Quando: 15/06/18 às 19:00
    Onde:  Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira
    Entrada Gratuita

AUTORIA: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira



ARRAIÁ DO COMÉRCIO 2018


Publicado em: 06/06/2018 - 15:06:43

    Com o intuito de resgatar, promover e valorizar as tradições juninas, o SESC em parceria com a Prefeitura Municipal, a ACEFS e demais parceiros, estará realizando no período de 08 a 16 de junho do corrente ano, uma autêntica festa de São João: o 18º “ARRAIÁ DO COMÉRCIO”.
    Visando repetir o sucesso dos anos anteriores, estaremos proporcionando aos feirenses e visitantes, um verdadeiro arraiá do interior, fomentando o aquecimento do comércio no centro da cidade, atraindo a comunidade com uma programação temática de qualidade num espaço onde todas as classes sociais tenham acesso e promovendo a integração campo/cidade, através da propagação de atividades genuinamente rurais (artesanatos, bebidas e comidas típicas). É importante frisar que todos os produtores passaram por um curso no SENAC sobre “Confecção e qualificação de produtos juninos e atendimento”, em que tiveram a oportunidade de desenvolver novos conhecimentos e aperfeiçoar o seu trabalho.
    A Praça João Barbosa de Carvalho (Praça do Fórum), o Galpão de Artes e o Mercado de Arte Popular, já consolidados como espaços culturais, serão os palcos onde se apresentarão diversos trios forrozeiros, quadrilhas e grupos culturais da nossa cidade, entre as 11h e 22h, em horários alternados, mostrando toda a alegria e magia que compõem a maior festa popular do Nordeste, valorizando assim o nosso Patrimônio Cultural e Humano.
    Convidamos todos os feirenses e visitantes a se deliciarem com muita comida e bebida típica ao som do autêntico forró pé-de-serra, observando a beleza e harmonia dos grupos culturais e a riqueza do artesanato regional. Venham e participem do Arraiá do Comércio 2018.

 


AUTORIA: Ana Silmara Rabelo Freitas Santos



A "FEIRA" DE JÁNIO RÊGO - UM PASSEIO EM NOSSA CIDADE

Reunindo matérias, crônicas, reportagens, fotos, curiosidades e entrevistas publicadas no Blog da Feira, Jânio Rêgo nos proporciona um passeio agradável e bem humorado pelas veredas feirenses!

Publicado em: 02/06/2018 - 03:06:28

    Talvez o único defeito que possamos atribuir a este livro de estreia de Jânio Rêgo venha a ser a falta do aviso: "1º VOLUME", pois sabemos de sobra que que Jânio tem muito mais pra nos presentear, e efetivamente eternizar em papel muito daquilo que registrou durante os últimos anos no seu consagrado Blog da Feira, um dos mais importantes órgão formador de opinião de nossa cidade.
    Jânio inicia essa jornada, que segundo ele mesmo não tem pretensão historiográfica, nos apresentando a Igreja de São Roque no Distrito de Jaíba, que conta com bem mais de 100 anos, e que queiramos ou não é história, assim como, a maioria das matérias escolhidas para compor estas 122 paginas de agradáveis fatos e informações de Feira e região.
    Entre fatos e curiosidades que compõe este trabalho, podemos afirmar que um dos grandes momentos do "Feira", que realmente são muitos, é a boa entrevista de Elder Alencar, que monta um documentos inédito sobre alguns momentos da história recente de Feira de Santana, tendo participado da entrevista, além de Jânio, é claro, Marcílio Costa, Reginaldo Pereira, Everaldo Costa, Gislaine Sena e Elsimar Pondé. Descontraída agradável e imperdível!
    Não faltam lances pitorescos e folclóricos sobre nosso dia-a-dia, como por exemplo: vices que governaram Feira, os grandes artistas da cidade, e até o conhecido vendedor de chapéus e bugigangas Caculé são documentados nesta obra que Jânio Rego nos presenteia.
    É claro que o olhar crítico de Jânio também irá se mostrar em algumas situações, mas sem dúvida, tratando-se de Jânio Rêgo não poderia ser diferente.
    O Autor é nascido na cidade de Mossoró, no Estado do Rio Grande do Norte, e como gostamos de afirmar no Viva Feira, Jânio é um feirense de Mossoró, que anda por estas plagas desde a década de setenta, tendo trabalhado em diversos jornais e revistas da Bahia, em Feira e Salvador, e se estabelecido de forma definitiva em nossa cidade desde a década de noventa pra cá. Achamos, inclusive, que ele veio atrás de seu coração, que ao que vem demonstrando sempre, nos parece que é inteiramente feirense.
    Aí Jânio, estamos ansiosos pelo "SEGUNDO VOLUME"!
    O livro pode ser adquirido com o Autor, no Espaço Literário de Feira de Santana e na Banca Jurivaldo Alves da Silva no Mercado de Arte Popular.

AUTORIA: Viva Feira



Mais Notícias

    Para auxiliar quem deseja começar a empreender, o Sebrae em Feira de Sa...

    "O título é a chave do pensamento da arte e como fonte de c...

    Com o intuito de resgatar, promover e valorizar as tradições jun...

    Talvez o único defeito que possamos atribuir a este livro de estreia de...

    É o ato de transmitir mediunicamente uma mensagem por meio da pintura, ...

    O Presidente da Fundação Egberto Costa - Funtitec, Antônio...

    A "Oficina de Escrita Criativa", mediada pela poeta Lívia Nat...

    A primeira edição do Sarau da Confraria Poética Feminina ...

    A poesia desenhada de Caó Cruz Alves trata-se de mais uma publica&ccedi...

    TRAÇOS DE COTIDIANO - Intenções Poéticas Sobre o Q...


Página de 25
| | | | |

 

Apoio Cultural:



Aniversário Funtitec
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados