menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Santos
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
NOVA LINHA EXPRESSA DE ÔNIBUS AGILIZA TRANSPORTE DE PASSEGEIROS

Linha expressa de ônibus urbano irá garantir um melhor acesso de passageiros até o Centro de Feira de Santana

Publicado em: 22/01/2019 - 00:01:32

    A Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito de Feira de Santana (SMTT) iniciou a operação da nova linha expressa 113 - Conder / Av. João Durval via Getúlio Vargas - Expressinho de transporte urbano que passa a atender com mais agilidade os usuários do conjunto habitacional Conder e de mais quatro bairros (Conceição, Caseb, Cel. José Pinto e Ponto Central) na região norte do município.
    A vantagem, a partir de agora, é que o usuário tem a opção de pegar o ônibus coletivo do Sistema Integrado de Transporte (SIT) no bairro e se deslocar diretamente até o Centro com destino final na Av. Getúlio Vargas, no conhecido ponto de integração da ZIG.
    “É uma linha expressa que criamos para atender grande fluxo de passageiros que opta por um itinerário mais rápido e retorno com facilidade para o bairro de origem sem a necessidade de integração física no Terminal Central”, explica Saulo Figueiredo, secretário de Transportes.
    A nova linha 113 - Conder Expressinho será operada diariamente das 6h às 19h30 por dois ônibus da concessionária Rosa com frequência de até 15 minutos, contemplando também no itinerário o Shopping Boulevard.
    A unificação por integração temporal com mais duas linhas, a 108 - Conder / Av. Ayrton Senna via João Durval - Terminal Central e a 108 - Conder / Av. Iguatemi via Maria Quitéria - Terminal Central reduziu significativamente o tempo de espera nos pontos de ônibus atendidos pela nova linha
    O usuário pagará apenas uma passagem - com bilhete eletrônico -  no valor da tarifa real de R$ 3,60 com o cartão Via Feira, ofertado gratuitamente.
    A dona de casa Claudenice da Cruz Azevedo, moradora do Conder, ficou surpresa com a nova linha expressa e aprovou a opção de pegar o ônibus na ‘Getúlio’.
    “É mais rápido e consigo chegar em minha residência logo. Gostei!”.
    O diretor municipal de Transportes, Rodolfo Júnior, explica que os passageiros também poderão acompanhar os itinerários de ida e de volta, horários e o tempo de chegada nos pontos acessando o aplicativo SIU Mobile.
    “A linha encontra-se cadastrada no aplicativo e o usuário terá toda a comodidade e segurança ao usar a tecnologia”, pontua.
    O App pode ser baixado gratuitamente pelo usuário através do Google Play (plataformas Android e Windows), IOS ou ainda pelo site www.viafeira.com.br.

Confira o itinerário:
- Ida – Conjunto habitacional Conder; Rua Conder; Travessa com a Rua Itatiaia; Alamedas B e A (Conj. Alto Rosário); Rua Itatiaia; Rua Gamão, Av. Iguatemi; Av. Ayrton Senna; Av. João Durval; Av. Getúlio Vargas e Ponto da ZIG (final de linha).
- Volta – Ponto da ZIG, Av. Getúlio Vargas (Ponto da Receita), Rua Felinto Marques de Cerqueira; Rua Marechal Castelo Branco; Av. João Durval; Av. Ayrton Senna; Av. Iguatemi; Rua Gamão; Rua Itatiaia; Alameda A e B (Conjunto Alto do Rosário), Travessa com a Rua Itatiaia, Rua Conder e Conjunto Habitacional Conder (final de linha).

AUTORIA: Ascom do SMTT



ADVOGADA LANÇA CAMPANHA PARA EMPREGAR DIARISTAS

Mais uma atividade da criadora do movimento Versos de Mulher, Fabiana Machado!

Publicado em: 06/01/2019 - 01:01:03

    A advogada Fabiana Machado, Ideóloga do Projeto Versos de Mulher, que apoia meninas e mulheres vítimas de violência doméstica, familiar ou relação íntima de afeto, após receber inúmeros pedidos de ajuda de mulheres desempregadas para conseguirem emprego, resolveu criar uma campanha para empregá-las.
    Fabiana se sensibilizou com a história de vida dessas mulheres, porque também já ocupou o lugar delas e sabe que antigamente para ser contratada bastava uma indicação de um parente, de uma pessoa amiga ou vizinha, mas as coisas mudaram, daí hoje em dia nenhuma diarista consegue trabalho batendo de porta em porta, porque é necessário provar experiência, às vezes ser até agenciada por empresa prestadora de serviços, possuir boa qualificação, ter boas referências e cair no gosto dos empregadores, os quais estão cada vez mais exigentes e seletivos.
    Diante disso, a advogada, Fabiana Machado, resolveu ajudar estas mulheres dando-lhes apoio, incentivo e promovendo o empoderamento delas através da campanha “Contrate uma Mulher Guerreira”, pois ninguém se empodera sozinho. Pode-se dizer que, se uma mulher levantar outra mulher, o mundo será mais solidário, fraterno, justo e belo. Abrace esta causa você também!

AUTORIA: Release do Ascom Versos de Mulher



DIREITO DA UEFS COMPLETA 20 ANOS ENTRE OS MELHORES CURSOS DO PAÍS


Publicado em: 03/12/2018 - 15:12:27

    Professores e estudantes da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) organizam um grande evento em comemoração ao marco de 20 anos da fundação do curso de Bacharelado em Direito. O evento ocorrerá nestas segunda e terça-feira (3 e 4), sempre às 19h, no Anfiteatro, localizado no Módulo 2, Campus Universitário.
    Fundado em 1998, o curso procura manter a harmonia entre ensino, pesquisa e extensão, desenvolvendo reflexões em torno de um conhecimento jurídico-crítico e comprometido com os desafios e complexidades da sociedade. Nessa perspectiva, o curso de Direito da Uefs desenvolve projeto pedagógico buscando formar bacharéis que não se limitem a reproduzir um conhecimento dogmático sem ressignificação, mas aptos a reinterpretar os códigos e dialogar com outros saberes produzidos para além do conhecimento teorizado, a partir das práticas sociais e, com eles, construir uma sociedade mais justa, livre e igualitária.
    Em 2011 e 2016, o curso Direito da Uefs foi contemplado com o Selo OAB Recomenda. Avaliado pela Comissão Nacional de Estudos Jurídicos do Conselho Federal da OAB (CNEJ/CFOAB), o curso, com o Selo, figura entre os de melhor qualidade do País.
    As comemorações pelos 20 anos marcarão este perfil, lançando possibilidades para aprimorar o trabalho já realizado. Nesta segunda-feira (3), será contada a história do curso pelos professores José de Lima e Beatriz Lisboa, que contribuíram para a construção do Bacharelado em Direito da Uefs. Ainda no primeiro dia, ocorrerá a Conferência Magna com o tema ‘O processo e a Constituição’, ministrada pelo professor doutor Wilson Alves de Souza (titular das disciplinas Teoria Geral do Processo e Direito Processual Civil, da Faculdade de Direito da Ufba).
    A programação prevê, para terça-feira, Conferência Magna com o tema ‘O Direito como Instrumento de Transformação Social’, ministrada pela professora doutora Marília Muricy (professora de Teoria do Direito e Filosofia do Direito da Ufba). Por fim, haverá homenagens aos professores da Instituição e a todos que contribuíram para a sua formação e desenvolvimento do curso, bem como o lançamento da Revista nº 2 do Colegiado de Direito.

AUTORIA: Everaldo Goes



RUI REZENDE LANÇA NO CUCA A OBRA VAQUEIROS DO RASO DA CATARINA


Publicado em: 27/11/2018 - 16:11:18

    A Universidade Estadual de Feira de Santana convida a comunidade para o lançamento da obra ‘Vaqueiros do Raso da Catarina’, nesta quinta-feira (29), às 19h, no Museu Regional de Arte, localizado no Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca). A solenidade vai contar com palestra do autor, o fotógrafo baiano Rui Rezende.
    As 156 páginas que compõem o livro de Rui Rezende trazem a linguagem dos vaqueiros através de um registro etnográfico, conforme reportagem publicada pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). Ele conta que em 2014 foi fotografar a Fazenda Serra Branca, no Raso da Catarina, uma ecorregião do bioma da caatinga localizada no centro-leste da Bahia. Lá, entrando no mato, encontrou um grande acampamento de vaqueiros.
    “Como estava vestindo minhas roupas camufladas, logo fui confundido com os fiscais dos órgãos ambientais, o que gerou desconforto. Para quebrar a desconfiança, fui ao carro e peguei meu livro ´Chapada Diamantina, Um Paraíso Desconhecido´. Abri na página com a foto dos vaqueiros da Gruta dos Brejões. Esse momento foi registrado pelo amigo e grande fotógrafo Sergio Cedras", conta Rui Rezende.
    O autor do livro descreve que nesta fotografia vê-se um grande interesse dos vaqueiros pela foto "como se manifestassem discretamente uma vontade de ver, em um livro, fotos e histórias de suas vidas. Foi paixão à primeira vista! Senti-me um grande sortudo por estar ali, naquela hora e naquele local, diante de pessoas tão especiais que logo viriam a se tornar grandes amigos. Assim, desse encontro fortuito, nasceu ´Vaqueiros do Raso da Catarina´", narra Rui Rezende.

    Acidente
    Naquela viagem, Rezende conta ainda que esteve com os vaqueiros outras vezes, campeando entre tanques d’água, imburanas, xiquexiques e os paredões da Serra Branca. “Por três dias, fotografei-os à caça do gado! Depois, anotei os contatos de alguns vaqueiros com a promessa de retornar trazendo as suas fotos. Dias depois, sofri um grave acidente aéreo e só retornei no ano seguinte. Só que não foi apenas para entregar as fotos, queria fazer um livro mostrando a lida deles com o gado no Raso da Catarina", conta o fotógrafo.
    "Daí para a frente, sempre que iam campear me avisavam. Em uma dessas viagens, convidei o jornalista, escritor e professor da UFOB, Cícero Félix, para ir comigo. Eu queria que ele vivesse aquilo, visse, sentisse, ouvisse e me ajudasse a contar a história daquele povo nordestino: eu com a fotografia, ele com o texto”, finaliza o autor.
    Fotógrafo de natureza
    Baiano da cidade de Amargosa, Rui confessa que desde pequeno ajudava a mãe na fazenda na lida com o cacau nos finais de semana. Depois, "já de tardezinha, corria atrás dos cavalos. Quando conseguia pegar um, ia até a noite montado para lá e para cá. Mas o que mais eu gostava era quando, em raras vezes, tinha que levar o gado para a fazenda do meu avô Tonico do Limão. Talvez por conta do meu passado hoje sou fotógrafo de natureza. Faço tudo por amor às coisas e esse livro é o primeiro depois de passar quatro anos sem publicar por causa do acidente”, revela Rezende.
    O projeto do livro foi contemplado Edital Setorial de Artes Visuais, do Fundo de Cultura, com apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/SecultBa).
    No lançamento de ‘Vaqueiros do Raso da Catarina’, nesta quinta-feira (29), no Cuca, os presentes poderão adquirir a obra por R$ 50, limitado um livro por pessoa. Para mais livros será o valor será R$100.
    O Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca) está localizado na rua Conselheiro Franco, 66, Centro.
    Com informações da Ascom/Funceb
    http://www.fundacaocultural.ba.gov.br

AUTORIA: Everaldo Goes | Museu Casa do Sertão - Uefs



FEIRA NOISE FESTIVAL ACONTECE NESTE FIM DE SEMANA EM FEIRA DE SANTANA

Mais de 30 artistas e bandas passarão pelo evento, que também irá contar com graffiti ao vivo, gastronomia e Feira Camelô

Publicado em: 22/11/2018 - 09:11:32

    A partir desta sexta-feira (23), o Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira de Santana (BA), recebe a oitava edição do Feira Noise Festival. O evento acontece até o domingo (25), com dois palcos, cerca de 30 shows, graffiti ao vivo, gastronomia e a feirinha de artesanato local Feira Camelô.
    Com o tema “Somos Tudo Isso Mesmo”, o evento celebra a diversidade de cores, credos, identidades e gêneros, auto afirmando-se como um dos principais festivais de artes integradas do Nordeste. O Feira Noise é realizado desde 2009, colocando a cidade na rota da música independente brasileira e marcando seu território como um importante ponto de circulação musical no interior da Bahia.
    Este ano, dentre os nomes se apresentam estão Attoxxa, Boogarins, Duda Beat, Drik Barbosa, Letrux e Scalene. Da cena local, se destacam atrações como Iorigun, Lerry, A Vez das Minas, Roça Sound e Clube de Patifes. “O festival surgiu com esse intuito de colocar no mesmo palco artistas e bandas que fazem a música brasileira contemporânea acontecer no Brasil inteiro e os artistas locais que estão investindo numa carreira autoral. De lá pra cá o festival tem crescido gradativamente, temos conseguido ganhar mais espaço na cidade e torná-lo mais conhecido, assim como os artistas que estão envolvidos”, explica Joilson Santos, do Feira Coletivo.
    Produtores e artesãos locais também estão ansiosos para o evento. De acordo com Heloisa Lima, coordenadora do Feira Camelô, o festival também tem como objetivo incentivar empreendedores locais. “Temos um leque de opções – cosméticos feitos a mão, personalizados, crochê, dreads, ateliê de beleza, tatuagem e brechó”, conta. “Ao realizar a curadoria observamos a relevância artística, originalidade e processo criativo da proposta – inovação e trabalhos feitos a mão foram priorizados”.
    Os ingressos antecipados estão à venda no site Sympla, com valores entre R$25,00 e R$120,00.
    Confira a programação:
    SEXTA 23/11/18
    TITO PEREIRA
    SOFIE JELL
    DUO FINLANDIA
    DRIK BARBOSA
    A VEZ DAS MINAS
    ATTOOXXA
    LUPA
    LETRUX
    SÁBADO 24/11/2018
    SANGUE REAL
    NAVELHA
    CASAPRONTA
    STEPHEN ULRICH BAND
    MARSA
    TUYO
    SEU PEREIRA E COLETIVO 401   
    ERASY
    PONTO NULO NO CÉU
    DRENNA
    NERVOSA
    LAMMIA
    SCALENE
    DOMINGO 25/11/2018
    LERRY
    P1 RAPPERS
    HIRAN
    DONA IRACEMA
    ROÇA SOUND
    SONS DE MERCURIO
    CLUBE DE PATIFES
    ZUHRI
    ZIMBRA
    IORIGUN
    BOOGARINS
    DUDA BEAT


AUTORIA: Assessoria de Imprensa | VAGALUME ASSESSORIA



VIVÊNCIA E RODA DE CONVERSA DEBATEM A EDUCAÇÃO MUSICAL AFRO-BRASILEIRA


Publicado em: 21/11/2018 - 18:11:10

    Com o objetivo de refletir sobre possibilidades de epistemologias afro-centradas para a Educação Musical, serão realizados na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) a Vivência "Experiências da Diáspora" e a Roda de Conversa "Por uma Educação Musical afro-brasileira".
    A Vivência, programada a partir das 9h no auditório 1, no primeiro módulo do campus, será conduzida pelo professor mestre Marcos Santos, doutorando em Etnomusicologia, desenvolvendo pesquisa da música da matriz africana, transitando na Etnomusicologia com a Educação Musical e tem como objetivo levar os participantes (músicos ou não) a uma conscientização em relação a música da matriz africana, de maneira prática, através da imersão na música afro-brasileira.
    Ainda na mesma perspectiva, para os que desejam ampliar ou ter uma outra experiência, logo após, às 14h, o professor Marcos Santos ministrará a palestra intitulada "Por uma Educação Musical afro-brasileira" , que abre a roda de conversa mediada pelo professor mestre Luan Sodré (Uefs). Para cada atividade haverá certificado de participação e as inscrições, gratuitas, podem ser efetivadas no local.
    Os eventos integram o Novembro Negro, que simboliza mês emblemático de mobilizações pelo combate ao racismo, à intolerância religiosa e a garantida dos direitos da população negra, e são promovidos pelo Curso de Licenciatura em Música da Uefs, em parceria com o Grupo Estudos Contemporâneos em Música e o componente curricular Estágio Supervisionado 1.

AUTORIA: Assessoria de Comunicação Social da UEFS



8º ENCONTRO DE VEÍCULOS ANTIGOS PRINCESA DO SERTÃO

De 23 a 25, Feira de Santana vai se tornar a capital dos colecionadores e apaixonados por antigo mobilismo.

Publicado em: 19/11/2018 - 10:11:17

    Chegando a sua 8ª edição, o ENCONTRO DE VEÍCULOS ANTIGOS PRINCESA DO SERTÃO promete ser o maior já realizado, onde aproximadamente 280 relíquias serão expostas para um público estimado de 50mil pessoas. Dos conversíveis a utilitários, do ônibus da década de 60 ao fusca Herbie, os apaixonados por veículos poderão apreciar carros que virão de diversas partes do país, e os colecionadores terão no América Outlet o pátio ideal para expor seus mimos, além de poder ser um excelente local para comercialização, compra de peças e acessórios, já que estarão presentes expositores do mercado de “pulgas”, e ainda terá um mix de empresas do segmento automotivo, que vai desde serviços a concessionárias.
    O Encontro de Veículos Antigos é uma iniciativa do Clube da Ferrugem que busca divulgar e incentivar a cultura do antigomobilismo em Feira de Santana e Região. Essa edição terá organização e gestão da Feira da Praça, que já se fez presente nas duas últimas edições levando seu mix de expositores, com diversidade gastronômica e muita diversão. Não sendo diferente nesse 8º Encontro, a Feira da Praça está preparando um evento para toda família, com excelentes opções também para criançada.
    PROGRAMAÇÃO:
    23 - sexta-feira
    19H ABERTURA OFICIAL
    20H BANDA CHEIRO DE AMOR
    22H – ENCERRAMENTO   
    24 – sábado
    10H ÍNICIO DO EVENTO
    17H BANDA CONTATO IMEDIATO
    19H OS MY FRIENDS
    22H – ENCERRAMENTO
    25 – DOMINGO
    10H – SOLENIDADE DE PREMIAÇÃO DOS VEÍCULOS
    16H – BANDA PARK SONORO c/ participação SAULO FERNANDES
    18H – BAILINHO DE QUINTA
    20H – ENCERRAMENTO

AUTORIA: Release de divulgação do evento



CURSO DE DIREITO DA FTC DÁ AULA DE SOLIDARIEDADE NO BAIRRO ESTAÇÃO NOVA


Publicado em: 13/11/2018 - 09:11:44

    A ideia inicial da coordenação do Núcleo de Práticas Jurídicas da FTC Feira de Santana era levar atendimento jurídico para a comunidade do bairro Estação Nova, mas o Projeto NPJ vai ao Bairro foi muito além na manhã de sábado (10). Estudantes e professores do curso de Direito deram uma verdadeira aula de solidariedade e compromisso social para os moradores que lotaram as dependências da Escola Professora Helena Assis Suzart.
    O mais importante nesse tipo de ação, segundo a coordenadora do NPJ, professora Emanuelle Moreira, é a possibilidade de aprendizado para o estudante. Mas para que isso aconteça é preciso ter a resposta da comunidade. “Às 7h já tinha pessoas aqui em busca de atendimento”, contou, destacando que os serviços jurídicos foram concentrados nas áreas de pensão alimentícia, investigação de paternidade e divórcio.
    Também fizeram parte da ação palestra sobre a importância da Lei Maria da Penha, realizada pela Polícia Militar; distribuição de cestas básicas; massagem, aferição de pressão arterial e glicemia; corte de cabelo e até pula-pula e brincadeiras lúdicas para as crianças. Além de Direito, participaram das atividades os cursos de Fisioterapia e Educação Física. Cerca de 100 pessoas alunos e professores, estiveram presentes.
    “O NPJ reafirmou que era isso que eu queria”, avaliou a estudante Valci Ribeiro, ressaltando que o evento na Estação Nova “reforça a prática de lidar com as pessoas, ter uma visão diferenciada da comunidade”.  Para o aluno Henrique Mendes, há uma carência grande de assistência no que diz respeito ao Direito da Família. “Por isso é tão importante está próximo, ver a realidade, antes de entrar de fato no mercado de trabalho”, observou.
    A monitora do evento, Ana Paula Aureliano Cerqueira, trocou a tranquilidade de sábado pela movimentação na Estação Nova e o resultado não poderia ser melhor. Para ela, que já fez intercâmbio internacional sobre Direito Forense e é graduada em Enfermagem, nenhuma outra forma de aprendizado é tão eficiente quanto o contato direto com as pessoas. “É a vivência do dia a dia”, afirmou a estudante, que cursa o 9º semestre.
    O professor Cristiano Lôbo, diretor da Rede FTC, aplaudiu a iniciativa do NPJ, com apoio da coordenação do Colegiado de Direito, por meio da professora Geruza Gomes, destacando a importância da Instituição investir em projetos que estimulam o aprendizado também fora da sala de aula, preparando o profissional para atuar no mercado, com competência e responsabilidade social”, conforme ressaltou.
    A ação não se limitou a informar sobre questões jurídicas. Quem foi à Escola Professora Helena Assis Suzart teve acesso a dados da Lei Maria da Penha e concorreu a cestas básicas distribuídas pela organização. Mas para algumas pessoas o importante mesmo foi o afago na autoestima. Jorzinei Oliveira, por exemplo, teve um momento raro: fez massagem facial, pintou as unhas e cortou o cabelo com o cabelereiro Valnei Moraes. “Estou linda!”, comemorou.


AUTORIA: Madalena de Jesus



MUTIRÃO REGISTRA DIA MUNDIAL DO DIABETES EM FEIRA DE SANTANA


Publicado em: 09/11/2018 - 18:11:50

    Pelo menos 100 pessoas, entre professores e estudantes da FTC Feira de Santana, participarão neste sábado (10) do V Mutirão do Diabético, um evento multidisciplinar realizado pelo Hospital de Olhos – Clihon.  O atendimento será das 7h às 12h e inclui exame oftalmológico para avaliação do fundo do olho, aferição da pressão arterial, teste de glicemia, avaliação odontológica, orientação nutricional e atividades nas áreas de fisioterapia e educação física.
    Ao todo, cinco cursos terão atuação no mutirão, que conta ainda com as parcerias da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, e Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS): Enfermagem, Nutrição, Biomedicina, Fisioterapia e Educação Física.  Para a professora Hayana Leal Barbosa, coordenadora do Colegiado de Enfermagem, além de cumprir com o compromisso da responsabilidade social, o evento proporciona grande aprendizado para os estudantes.
    O objetivo do mutirão, que tem a coordenação do médico Hermelino Oliveira Neto, não se limita a atender os portadores de diabetes – que já somam mais de 12 milhões no Brasil e 400 milhões no mundo – mas conscientizar a sociedade sobre os riscos, prevenção e tratamento da doença. O evento marca o Dia Mundial do Diabetes, instituído em 1991 pela International Diabetes Federation (IDF). A previsão é que 640 milhões de pessoas sejam portadoras de diabetes no ano de 2040.
    O diabetes caracteriza-se pela deficiência na produção de insulina pelo pâncreas, uma substância que permite o aproveitamento da glicose (açúcar) contida nos alimentos para que ela possa ser transportada para dentro das células, sendo transformada em energia. Se a glicose não é absorvida, fica presente na corrente sanguínea, o que, em níveis altos durante muito tempo, ocasiona as complicações como cegueira (retinopatia diabética), doenças cardíacas (coronariopatias), renais (hipertensão arterial e insuficiência renal) e amputação dos membros (neuropatias e trombose).
    De acordo com as organizações da área de saúde, a detecção precoce é vital. As campanhas de detecção para a população ajudam a descobrir casos de diabetes e prevenir complicações, em lugar de encontrar a doença por meio das complicações já instaladas, levando um impacto muito maior, não sobre a qualidade de vida do indivíduo, mas também sobre a sociedade em geral, em termos socioeconômicos.



AUTORIA: Madalena de Jesus



Mais Notícias

    Com o objetivo de refletir sobre possibilidades de epistemologias afro-centrad...

    Chegando a sua 8ª edição, o ENCONTRO DE VEÍCULOS ANT...

    A ideia inicial da coordenação do Núcleo de Prátic...

    Pelo menos 100 pessoas, entre professores e estudantes da FTC Feira de Santana...

    Desde novembro de 2014 o projeto Jam na Cuca traz shows em formato de Jam Sess...

    No dia 05 de outubro, celebrou-se os 30 anos da atual Constituiçã...

    O III Simpósio de Comunicação da Faculdade UNEF tem por t...

    “Eu conto a minha história até em ponto de ônibus&rd...

    De outubro a novembro, Feira de Santana recebe a 3ª edição ...

    Professores do Curso de Direito da Universidade Estadual de Feira de Santana c...


Página de 22
| | | | |

 

Apoio Cultural:



Matriculas Abertas

Higienizar

Viva Feira
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados