menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Dr. Ed Forró
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-João Bosco do Nordeste
-Luís Pimentel
-Maiara Santos
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
RELEMBRANDO O POETINHA NO DIA DE SEU ANIVERSÁRIO


Publicado em: 25/10/2021 - 14:10:38
Fonte: Raymundo Luiz Lopes


    Depois de uma busca, quase frenética, por entre as prateleiras da estante, (re)encontro "Para viver um grande amor", segunda edição, lançada em 1962 e que comprei mais tarde. A primeira acabou logo após ser editada. A capa gasta (riscadas por um dos meninos) e algumas páginas soltas mostram que o livro foi manuseado e, claro, lido, bem lido. Uma das obras de Vinícius de Moraes (19 de outubro de 1913 - 9 de julho de 1980) que lia para meus alunos (com direito a debate) nas escolas que ensinei em Salvador e, posteriormente, para os da Uefs. Uma publicação reunindo crônicas/poemas que se encaixam na proposta do autor, perceptível, inicialmente, através do título. Escolhi, para registrar, aqui, a minha admiração pelo "poetinha", desde aqueles anos da juventude, transcrevendo o poema "Duas canções de Silêncio", que me causou profunda emoção naqueles idos tempos.
Saravá!!! Tempus Fugit!!!

DUAS CANÇÕES DE SILÊNCIO
Ouve como o silêncio
Se fez de repente
Para o nosso amor
Horizontalmente...
Crê apenas no amor
E em mais nada
Cala; escuta o silêncio
Que nos fala
Mais intimamente; ouve
Sossegada
O amor que despetala
O silêncio...
Deixa as palavras à poesia...



Apoio Cultural:



Viva Feira

Higienizar
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados